>"As Tontas Não Vão ao Céu" (SBT) – Resenha

>

(Ana Paula Fanucchi e Felipe Brandão)

Quanto pode durar um casamento?
Esta questão atualíssima é tratada com muito humor na novela As Tontas Não Vão ao Céu (Las Tontas no Van al Cielo, Televisa, 2008), novela mexicana exibida pelo SBT de segunda a sexta às 16h.

Produzida por Rosy Ocampo (Cúmplices de um Resgate), protagonizada por Jacqueline Bracamontes (Rubi), Valentino Lanús (A Vida é um Jogo) e Jaime Camil (A Feia Mais Bela), o folhetim conta a história de Cândida “Candy” (Jacqueline), que se casa completamente apaixonada com Patrício (Lanús) para, no dia da cerimônia, encontrá-lo aos beijos com sua própria irmã, Alice (Fabíola Campomanes). Sem saber que tudo não passou de um malentendido armado pela própria Alice, Candy decide fugir de tudo e de todos e vai pedir abrigo ao seu querido tio Manuel (Manuel Ibáñez) na cidade de Guadalajara. Determinada a mudar de vida, Candy forja sua própria morte para romper de vez as relações com a família e vira uma feminista empedernida, disposta ao mais rigoroso celibato para não ser enganada por um homem outra vez. Ela só não contava com uma gravidez inesperada, fruto da “antecipação” da noite de núpcias…

Sete anos depois, Candy mantém as mesmas convicções e planeja estendê-las à coluna semanal intitulada “As Tontas Não Vão ao Céu”, que publicará na revista feminina de Raul (Carlos de la Mota, Amanhã é Para Sempre) enaltecendo os valores da “alma” sobre a aparência estética da mulher. Essa ideologia, contudo, sofrerá pela primeira vez em anos o risco de ser abalada quando Candy conhece Santiago (Camil), um cirurgião plástico conceituado e mulherengo cuja profissão e estilo de vida representam tudo contra o que ela luta e sempre lutou. Mesmo se rendendo ao charme de Santiago, Candy procura evitar que ele desvirtue os valores que propaga, e logo os dois, amantes na vida sentimental, estarão disputando a clientela na vida profissional. Para completar, uma série de acasos leva Patrício a reencontrar Candy, sua ex-esposa a quem julgava morta, e também a Vavá (Robin Vega), o filho que ele nem imaginava ter. Isso levará à formação de um triângulo amoroso entre Candy e os dois únicos amores de sua vida, a ponto de que, em algum momento da história, ela terá que decidir com quem ficar: Patrício ou Santiago?
O argumento original de As Tontas é de autoria do argentino Enrique Torres (Pérola Negra). A trama nada mais é que uma tentativa de fazer o mesmo sucesso que foi A Feia Mais Bela no México, já quem em suma utiliza dos mesmos recursos, como o humor e o formato de uma sitcom. Não teve o mesmo sucesso da outra, protagonizada também por Jaime Camil, mas é tão boa quanto. Ainda que a trama em si não chame muito a atenção, as piadas e provocações de Santiago mantêm a atenção do telespectador.

Além disso, As Tontas destaca-se por levantar temas polêmicos e colocá-los em discussão: entre eles, a realização de cirurgias plásticas em adolescentes, por meio da personagem Lúcia (Violeta Isfel), sobrinha de Santiago que, aos 15 anos de idade, desafia a família para colocar um implante de silicone nos seios; e a Aids, retratada em Charles (Eleázar Gómez), o namorado machista de Lúcia. Não à toa, o folhetim foi denominado “novela de vanguarda” pela imprensa mexicana.
No Brasil, a dublagem, como em quase todas as novelas em espanhol, não foi feliz. Perdem-se muitas piadas, e algumas vozes não se encaixam com os atores. Incrível que, no pais com uma das melhores dublagens do mundo, as novelas em espanhol sejam tão mal dubladas. Aconselhamos que, se tiverem oportunidade e entenderem bem o espanhol, prefiram assistir no idioma original.
This entry was posted in novelas, resenhas. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s