>Novelas: atacado de reprises no SBT em julho

>

(Felipe Brandão)

Com os bons resultados obtidos por A História de Ana Raio e Zé Trovão, original da Rede Manchete, o SBT programou a estreia de novas reprises para o segundo semestre. A partir de 12 de julho (segunda-feira), o bloco de filmes Cinema em Casa sai do ar e dá lugar à reapresentação de dois grandes sucessos da emissora: Pérola Negra (1999) e Esmeralda (2005). As tramas serão exibidas respectivamente às 14h15 e às 15h, antes da mexicana As Tontas Não Vão ao Céu.

Pérola Negra é uma ideia original do argentino Enrique Torres (o mesmo de As Tontas, por sinal), adaptada no Brasil por Henrique Zambelli. Gravada em 1997, veio a ser exibida somente em 1999, com direito a uma primeira reprise em 2004. Protagonizada por Patrícia de Sabrit (Vidas Cruzadas) e Dalton Vigh (Duas Caras), narra a saga de uma jovem espevitada (Patrícia) que assume a identidade de sua melhor amiga, morta em um acidente, para se preservar e vingar-se do homem que ludibriou sua amiga (Dalton), por quem acaba se apaixonando.

Esmeralda é a regravação da trama mexicana homônima, exibido no Brasil com grande sucesso. Enquanto a original foi estrelada por Leticia Calderón (Amor Real) e Fernando Colunga (Amanhã é Para Sempre), a versão brasileira teve os protagonistas vividos por Bianca Castanho e Cláudio Lins (no ar em Uma Rosa com Amor). A personagem-título (Bianca) é uma jovem cega e romântica, apaixonada por um rico herdeiro (Lins) sem saber que ambos foram trocados na maternidade.

Mas o bloco das reprises não para por aí. Com o final antecipado de Uma Rosa com Amor, o SBT escalou Canavial de Paixões para substituí-la enquanto a substituta oficial, Corações Feridos, não fica pronta, em uma reapresentação compacta em 70 capítulos. Produzida em 2004 e já reprisada em 2006, Canavial é protagonizada por Bianca Castanho (a mesma de Esmeralda) e Gustavo Haddad, com direito às participações antagônicas de Débora Duarte, Helena Fernandes e Oscar Magrini. Será que vem sucesso por aí?

Opinião: Acho importante o SBT incrementar sua programação com mais novelas, mas por que reprises? E por que justamente destas? Pérola e Canavial já foram reprisadas, e a versão nacional de Esmeralda, além de ser regravação de uma novela conhecida, não foi tão marcante a meu ver, ao menos não tanto quanto a original mexicana. Uma otima ideia, mas que precisava de opções melhores.

This entry was posted in notícias, novelas. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s