>Balanço da primeira semana de "SONHA COMIGO"

>

Vanesa Leiro, no papel de Márcia, é uma
das sensações de Sonha Comigo

(Felipe Brandão)

As boas impressões que Sonha Comigo me deixou em seu primeiro capítulo só se reforçaram no restante da semana de estreia. Ao que parece, a Nickelodeon deixou mesmo para trás o amadorismo que predominou em Isa TKM e em sua sequência, Isa TK+ (atualmente em exibição pela Band) e resolveu investir de verdade em suas produções na América Latina, mesmo que se dirijam a um público-alvo (supostamente) menos exigente.
O ritmo dos capítulos é agradável, com bons ganchos entre as cenas e entre os episódios; o humor é inocente, mas divertido, embora com alguns exageros; as situações adolescentes movimentam a trama e prendem o telespectador, respeitando a proposta de ser um programa leve e pueril sem tornar-se insosso ou entediante, nem ofender a inteligência do noveleiro-mirim. Ao contrário: é até agradável relembrar, em Sonha Comigo, o tom despretensioso das novelas infantojuvenis de antigamente, quando o gênero não era tão aspirante e nem se dava aos arroubos das atrações adultas.
A escalação do elenco é outro ponto que certeiro. Eiza González e Santiago Ramundo formam um par interessante como o casal principal, Clara e Luca, bonitos, talentosos e carismáticos que são – sem falar que Eiza é também uma cantora excelente. O maior destaque, porém, fica por conta de Vanesa Leiro, fenomenal como a vilã maliciosa e cômica em sua afetação e esnobismo – qualquer semelhança com a Antonella (Brenda Asnicar) de Patito Feo ou a Sharpay (Ashley Tisdale) de High School Musical não é mera coincidência.
Defeitos? A dublagem brasileira estraga um pouco o bom desempenho dos atores argentinos, talvez por ser feita pelo estúdio paulistano Dublavideo, que não costuma fazer bonito com novelas (haja vista seus trabalhos em Betty, a Feia, RedeTV!, e Quase Anjos, Band). Existe também certa puerilidade em alguns diálogos que beiram o ridículo, embora seja esporádico. Por fim, talvez fosse interessante conferir um destaque maior ao núcleo do reality-show Sou Sua Superstar, já que representa um poderoso atrativo e diferencial para a trama.
This entry was posted in Argentina, artigos, Brasil, novelas, resenhas, televisão. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s